F1 – Horner pede o retorno dos motores V8

terça-feira, 11 de novembro de 2014 às 15:22

Red Bull

Christian Horner disse que F1 deve considerar desistir dos atuais motores V6 turbo e voltar para o antigo V8.

Em meio à polêmica sobre as regras de congelamento do motor, mais o custo incapacitante das novas unidades de potência para as equipes clientes, Horner acha que abandonar os novos motores da F1 mais eficientes em consumo não deve ser totalmente descartado.

“Ninguém gosta de ir para trás, mas às vezes você tem que analisar”, disse Horner, que ficou furioso com a recusa da Mercedes em aceitar uma flexibilização quase completa das normas de homologação de motores da F1.

“Meios desesperados exigem medidas desesperadas, e eu acho que se você olhar para os custos dessas unidades de potência, quão sustentáveis são para todas as equipes e de fato para todos os fabricantes?”

Horner está convencido de que a F1 cometeu um erro com as novas regras de motores por causa do seu custo e pelo tamanho da disparidade de desempenho entre as diferentes unidades de potência.

“Às vezes você tem que colocar a mão para cima e dizer que estava errado”, disse ele. “Eu acho que com a regulamentação de motores, as pessoas envolvidas entenderam errado. Não só temos um motor extremamente caro, como temos um motor com desenvolvimento muito limitado, por isso tudo o que você vai fazer é congelar numa vantagem que estamos vendo atualmente”.

“Teoricamente a coisa certa a fazer é permitir uma brecha para os fabricantes de trás alcançarem – se você realmente quer controlar todos os custos. Mas isto então não seria justo para a Mercedes, por isso, se você abrir, tem que abrir para todos os concorrentes”.

“Caso contrário, teremos a Mercedes dominando por toda a duração deste motor”.

Ele disse que o custo dos motores foi o principal fator para a Marussia e Caterham entrarem em concordata.

“As equipes não podem carregar o fardo de mais nenhum custo – equipes grandes ou pequenas”, disse ele. “Infelizmente, os custos dessas unidades de potência levaram duas equipes para fora deste esporte e é um grande fator, um grande problema”.

Mas como a logística para ressuscitar o velho V8 é extremamente complicada, Horner admite que a sua sugestão seja artificial.

“Eu acho que é extremamente improvável, mas, se fosse racional, então sim, temos que considerar”, disse ele.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.