F1 – Horner: “Mercedes não deveria temer concorrência”

segunda-feira, 13 de outubro de 2014 às 12:34

Christian Horner e Toto Wolff

Christian Horner está convencido de que a Mercedes deveria repensar os planos para descongelamento de motores para o bem do esporte. A Mercedes não foi capaz de bloquear a proposta na reunião do Grupo de Estratégia da F1, mas pode fazê-lo na próxima reunião da Comissão de F1, onde a unanimidade é necessária para mudanças de regras para 2015. As regras já permitem atualizações substanciais de motor durante o inverno, mas os rivais da Mercedes querem ter a possibilidade de fazer pelo menos uma etapa de desenvolvimento durante a próxima temporada.

“Eu acho que para a F1 é importante”, disse Horner. “Nós vimos o desempenho de Nico na Rússia, o verdadeiro desempenho é que eles podem passar através do pelotão, e acho que está muito fora dos padrões, cinco carros com motores Mercedes entre os cinco primeiros. A maturidade dessa tecnologia ainda não apareceu, e acho que a Mercedes não deve ter medo da concorrência. Eles estão fazendo um super trabalho, mas acho que é saudável para a F1 que a Ferrari, Honda, Renault devam ter essa habilidade para diminuir a diferença, caso contrário, vamos acabar numa posição muito estagnada”.

Horner disse que o período do inverno não é suficiente: “Você tem até fevereiro para fazer isso, e então está bloqueado novamente. Então é um período muito, muito pequeno, a fim de conseguir isto. Houve um acordo em Singapura, todo mundo votou por unanimidade para ter um passo a mais na temporada, mas que parece não será cumprido”.

Ele reconheceu que, dadas as opções de desenvolvimento adicionais, a Mercedes ainda poderia fazer um trabalho melhor.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.