F1 – Horner: Freios de Ricciardo quase pegaram fogo por falha do MGU-K

segunda-feira, 28 de maio de 2018 às 12:17

Daniel Ricciardo

A falha do MGU-K de Daniel Ricciardo quase causou um incêndio no freio durante o GP de Mônaco, revelou o chefe da equipe, Christian Horner.

A equipe considerou o abandono de seu carro quando o MGU-K falhou faltando 50 voltas para o final.

“Na volta 28, ele relatou uma perda súbita de potência. Os caras do motor puderam ver pelos dados que o MGU-K parou completamente ”, disse Horner.

“Nessa altura, falou-se em abandonar porque o potencial de dano com o MGU-K pode afetar o motor de combustão e, em seguida, uma série de outros problemas”.

“Minha posição foi que estamos liderando o GP de Mônaco e vamos fazê-lo até que seu motor pare”.

Ricciardo teve que fazer mudanças rápidas em seu equilíbrio de freio porque seus freios traseiros estavam superaquecidos, explicou Horner.

“Quando você perde o MGU-K isso muda todo o movimento de energia através do sistema de frenagem do carro. Então, seus freios traseiros imediatamente não estavam muito longe de pegar fogo”.

“Ele então teve que mudar o bias de freio todo para a dianteira. E, ao mesmo tempo, estamos dizendo a ele que ele precisa começar a levantar o pé nas áreas de frenagem para gerar o máximo de refrigeração possível nos freios”.

“Com todas as mudanças de equilíbrio e ajustes que estavam acontecendo, ele também tinha Sebastian Vettel um segundo atrás dele enquanto liderava a corrida de Mônaco. Então ele manteve isso sob controle muito rapidamente”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.