F1 – Horner: Equipes não devem se envolver nas regras de redução de custos

terça-feira, 24 de junho de 2014 às 12:51

Christian Horner

O chefe da Red Bull Christian Horner acredita que a única maneira para as regras de controle de custos funcionar na F1 seria as equipes não estarem envolvidas na aprovação das mesmas.

Após vários meses de discussões que visavam uma redução drástica das despesas não conseguirem encontrar soluções, Horner sugeriu que o maior obstáculo ao progresso são as próprias equipes.

Sob o sistema atual, as equipes são capazes de influenciar as regras no Grupo de Estratégia da F1 e em seguida, também tem voto na aprovação das mesmas na Comissão da Fórmula 1.

Horner acha que um caminho melhor seria a entidade máxima do automobilismo e os chefes comerciais determinarem as regras sozinhos.

“A FIA deve escrever, juntamente com o titular dos direitos comerciais e então as equipes terão a escolha, quando se inscrevem no campeonato mundial, se entram ou não”, disse Horner.

“Eles se inscrevem sob essas regras”.

Horner sugere que é impossível chegar a um acordo de equipes para fazer mudanças significativas nas regras, porque cada equipe é muito focada em sua própria competitividade.

“Existem muitos interesses escusos lá”, disse ele. “Você tem a Ferrari, que tem a sua posição histórica, tem a McLaren, e por outro lado, em posição diferente, tem a Red Bull ou Mercedes”.

“Então, você nunca vai conseguir todos na mesma linha”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.