F1 – Hamilton vence o caótico GP do Brasil e adia a decisão do título

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton venceu o caótico e chuvoso GP do Brasil, levando a decisão do campeonato da Fórmula 1 para Abu Dhabi.

O atual campeão mundial cruzou a linha de chegada 11.4s à frente do companheiro de equipe na Mercedes e rival Nico Rosberg, reduzindo sua desvantagem para 12 pontos com 25 disponíveis.

Max Verstappen, da Red Bull, teve uma atuação sensacional – ganhando 13 posições em 16 voltas para subir ao pódio em terceiro em uma corrida que incluiu duas bandeiras vermelhas e exigiu a intervenção do safety car em cinco ocasiões.

A chuva forte adiou a largada em 10 minutos; as condições estavam tão traiçoeiras que Romain Grosjean, que largaria em sétimo, bateu a caminho do grid. Charlie Whiting, diretor de prova da FIA, decidiu que a largada seria feita atrás do safety car, que ficou sete voltas na pista.

Hamilton abriu imediatamente uma vantagem confortável sobre Rosberg quando a ação começou de fato, e Verstappen tomou o terceiro lugar de Kimi Raikkonen no S do Senna.

Vários pilotos trocaram para pneus intermediários, mas as condições ainda estavam difíceis, como o quinto colocado Sebastian Vettel provou ao tocar na linha branca na Junção e rodar.

O safety car entrou mais uma vez quando Marcus Ericsson aquaplanou e bateu no muro após tocar na zebra interna da última curva. Na próxima relargada, na volta 20, Raikkonen aquaplanou na reta dos boxes e bateu no muro, provocando uma bandeira vermelha quase imediata.

Depois de um atraso de 35 minutos, a prova recomeçou atrás do safety car, mas houve uma nova bandeira vermelha após oito voltas porque as condições não melhoraram, ocasionando vaias do público. A ação finalmente foi reiniciada depois de uma interrupção de 27 minutos e desta vez foi até a bandeirada.

Na relargada, Verstappen fez uma incrível ultrapassagem por fora sobre Rosberg na curva 3 e assumiu o segundo lugar. O holandês também chegou a escapar em alta velocidade na última curva, mas nem sequer perdeu a posição para Rosberg.

Porém, a Red Bull decidiu colocar os intermediários logo em seguida, primeiro com Daniel Ricciardo e então com Verstappen.

Acabou sendo a decisão errada – Rosberg demonstrou como ainda havia água no circuito quando escapou na Junção sem perder o segundo lugar – e quando o safety car entrou novamente após a batida de Felipe Massa, a Red Bull optou por voltar aos pneus de chuva forte.

Massa estava chorando enquanto caminhava de volta aos pits, com uma bandeira do Brasil em seus ombros naquela que foi sua última corrida em casa.

O safety car saiu pela última vez a 15 voltas do final, e o espetáculo de Verstappen começou. Uma série de ultrapassagens por fora o levaram da 16ª colocação ao pódio, enquanto Hamilton abria vantagem sobre Rosberg para assegurar seu terceiro triunfo consecutivo.

Sergio Perez terminou em quarto, seguido por Vettel – que reclamou de ter sido empurrado para fora da pista por Verstappen nos estágios finais – Carlos Sainz, Nico Hulkenberg e Ricciardo.

Felipe Nasr marcou os primeiros pontos da Sauber na temporada e deixou sua equipe em 10º lugar no campeonato de construtores, à frente da Manor. Esteban Ocon andou entre os 10 primeiros durante boa parte da prova, mas acabou caindo para 12º.

Fernando Alonso, mais um que rodou na saída da Junção, completou os 10 primeiros.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo/dif. Pontos
1 Lewis Hamilton MERCEDES 71 3:01:01.335 25
2 Nico Rosberg MERCEDES 71 +11.455s 18
3 Max Verstappen RED BULL RACING TAG HEUER 71 +21.481s 15
4 Sergio Perez FORCE INDIA MERCEDES 71 +25.346s 12
5 Sebastian Vettel FERRARI 71 +26.334s 10
6 Carlos Sainz TORO ROSSO FERRARI 71 +29.160s 8
7 Nico Hulkenberg FORCE INDIA MERCEDES 71 +29.827s 6
8 Daniel Ricciardo RED BULL RACING TAG HEUER 71 +30.486s 4
9 Felipe Nasr SAUBER FERRARI 71 +42.620s 2
10 Fernando Alonso MCLAREN HONDA 71 +44.432s 1
11 Valtteri Bottas WILLIAMS MERCEDES 71 +45.292s 0
12 Esteban Ocon MRT MERCEDES 71 +45.809s 0
13 Daniil Kvyat TORO ROSSO FERRARI 71 +51.192s 0
14 Kevin Magnussen RENAULT 71 +51.555s 0
15 Pascal Wehrlein MRT MERCEDES 71 +60.498s 0
16 Jenson Button MCLAREN HONDA 71 +81.994s 0
17 Esteban Gutierrez HAAS FERRARI 60 abandono 0
18 Felipe Massa WILLIAMS MERCEDES 46 abandono 0
19 Jolyon Palmer RENAULT 20 abandono 0
20 Kimi Räikkönen FERRARI 19 abandono 0
21 Marcus Ericsson SAUBER FERRARI 11 abandono 0
22 Romain Grosjean HAAS FERRARI 0 não largou 0

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.