F1 – Hamilton vence corrida interrompida por grave acidente em Suzuka

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton ampliou sua pequena vantagem no campeonato mundial de Fórmula 1 ao derrotar seu companheiro de equipe Nico Rosberg no GP do Japão, que foi interrompido por um acidente de Jules Bianchi.

Hamilton fez uma ultrapassagem brilhante por fora na pista molhada de Suzuka. Rosberg liderou as primeiras 28 voltas de uma prova que começou atrás do safety car por causa da chuva forte. Quando a corrida de fato se iniciou após nove voltas com o safety car, o alemão manteve uma vantagem mínima sobre o britânico.

Rosberg parecia confortável com os pneus de chuva extrema, mas reclamou de saídas de traseira depois de trocar para os intermediários quando as condições melhoraram. Ele liderou até a volta 29, quando deu uma pequena escapada na entrada da reta dos boxes que abriu caminho para o ataque de Hamilton.

Rosberg se defendeu, mas Hamilton foi por fora para assumir a ponta na curva 1. O líder do campeonato então abriu uma vantagem confortável e seguiu tranquilo para conquistar sua terceira vitória consecutiva.

A bandeira vermelha que encerrou o evento ocorreu depois que a Marussia de Bianchi saiu da pista na curva 7, onde os fiscais estavam retirando a Sauber de Adrian Sutil após uma batida anterior. Bianchi foi levado ao centro médico do circuito. Seu carro aparentemente atingiu o guindaste no local do acidente.

A Red Bull comprometeu deliberadamente sua velocidade no seco na classificação ao acertar o RB10 para o molhado, e seus pilotos aproveitaram bem para terminar em terceiro e quarto. Sebastian Vettel completou o pódio, apesar de uma escapada nos Esses, e Daniel Ricciardo ultrapassou Jenson Button (McLaren) para chegar em quarto.

Button andou em terceiro durante a maior parte da primeira metade da prova, depois de ser o primeiro a colocar pneus intermediários, mas perdeu tempo quando seu volante precisou ser trocado em sua segunda parada. Em seguida, Ricciardo o superou com uma ultrapassagem por dentro no hairpin na volta 43.

Os pilotos da Williams, Valtteri Bottas e Felipe Massa, largaram em terceiro e quarto, mas enfrentaram grandes dificuldades no molhado e chegaram apenas em sexto e sétimo.

Nico Hulkenberg (Force India) parou no final do pitlane no momento da bandeira vermelha, mas foi confirmado em oitavo. Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) e Sergio Perez (Force India) completaram a zona de pontuação.

Classificação da prova:

Pos. Piloto Equipe Voltas Tempo Grid
1 Lewis Hamilton Mercedes 44 1h51m43.021 2
2 Nico Rosberg Mercedes 44 + 9.1s 1
3 Sebastian Vettel Red Bull Racing-Renault 44 + 29.1s 9
4 Daniel Ricciardo Red Bull Racing-Renault 44 + 38.8s 6
5 Jenson Button McLaren-Mercedes 44 + 67.5s 8
6 Valtteri Bottas Williams-Mercedes 44 + 113.5s 3
7 Felipe Massa Williams-Mercedes 44 + 114.8s 4
8 Nico Hulkenberg Force India-Mercedes 44 + 115.6s 13
9 Jean-Eric Vergne STR-Renault 44 + 127.1s 20
10 Sergio Perez Force India-Mercedes 43 +1 volta 11
11 Daniil Kvyat STR-Renault 43 +1 volta 12
12 Kimi Raikkonen Ferrari 43 +1 volta 10
13 Esteban Gutierrez Sauber-Ferrari 43 +1 volta 15
14 Kevin Magnussen McLaren-Mercedes 43 +1 volta 7
15 Romain Grosjean Lotus-Renault 43 +1 volta 16
16 Pastor Maldonado Lotus-Renault 43 +1 volta 22
17 Marcus Ericsson Caterham-Renault 43 +1 volta 17
18 Max Chilton Marussia-Ferrari 43 +1 volta 21
19 Kamui Kobayashi Caterham-Renault 43 +1 volta 19
20 Jules Bianchi Marussia-Ferrari 41 +3 voltas 18
21 Adrian Sutil Sauber-Ferrari 40 +4 voltas 14
22 Fernando Alonso Ferrari 2 +42 voltas 5

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.