F1 – Hamilton tem certeza que o GP da Inglaterra será salvo

quinta-feira, 20 de julho de 2017 às 9:06
Lewis Hamilton

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton diz que “não acreditou por um segundo” que o GP da Inglaterra sairá do calendário da Fórmula 1, apesar dos proprietários de Silverstone desencadearem uma cláusula de quebra para deixar o evento após 2019.

Silverstone, que hospedou a primeira prova de Fórmula 1 em 1950, foi o lar do GP da Inglaterra desde 1987, e assinou uma extensão de contrato em 2010, até 2026.

No entanto, os proprietários de Silverstone, o British Racing Drivers’ Club, ativaram na semana passada uma cláusula de quebra no contrato, permitindo que ele desistisse dos direitos de hospedagem após 2019.

Tanto os proprietários BRDC quanto a Fórmula 1 Liberty Media expressaram o desejo de manter o GP da Inglaterra na lista até 2020, embora a última tenha optado contra especificar um local.

Hamilton está certo que uma solução será encontrada.

“Eu disse isso muitas vezes, sinto que aqui é o lar do automobilismo”, disse Hamilton sobre Silverstone. “O Reino Unido, obviamente tem muitas equipes. Você vê a multidão que temos todas as corridas. Não há motivos para não ter um Grande Prêmio”.

“Eu poderia entender se não houvesse ninguém aparecendo e custasse muito – mas os fãs economizam e gastam muito dinheiro nesses fins de semana”.

“Eu acho que seria uma verdadeira pena perder isso. Eu não acredito por um segundo que perderemos o GP da Inglaterra porque o mundo entraria em erupção, eu acho”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.