F1 – Hamilton pede mudança de regras de combustível nos treinos

Lewis Hamilton

Lewis Hamilton diz que as equipes de Fórmula 1 devem ser impedidas de correr com cargas de combustível desconhecidas durante os treinos, a fim de fornecer aos torcedores e às equipes rivais “uma imagem mais clara”.

Na sexta-feira, o piloto da Mercedes liderou confortavelmente as duas sessões de treinos no GP da França, mas aceitou que sua vantagem não pode ser medida com precisão com as equipes rivais que carregavam cargas de combustível variadas.

A Ferrari tem sido consistentemente mais lenta em termos de ritmo de volta única antes de aumentar sua velocidade na classificação e em Paul Ricard tanto Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel foram cerca de um segundo mais lento do que Hamilton, enquanto na classificação a diferença encolheu para quatro décimos de segundo entre Vettel e Hamilton.

Como resultado, Hamilton pediu um ajuste de regras para ver todos os pilotos de F1 correrem com as mesmas cargas de combustível para dar clareza tanto para as equipes quanto para os torcedores.

“É meio frustrante como a Ferrari está sempre a um segundo de distância, então eles estão com cargas de combustível diferentes”, disse Hamilton em Paul Ricard. “Todos estão em diferentes níveis de combustível, por isso é fácil terminar o dia sem saber onde todos estão”.

“Eles devem mudar as regras, outra regra que devem mudar, é fazer com que todos usem as mesmas cargas de combustível, porque então todos têm uma imagem mais clara”.

Todas as equipes de F1 estão autorizadas a ter qualquer carga de combustível durante cada sessão de treinos livres, enquanto a quantidade de combustível que cada carro está é um segredo bem guardado para não revelar o seu ritmo ideal antes da classificação e da corrida.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.