F1 – Halo prejudica a detecção de chuva, diz Sainz

Carlos Sainz

Carlos Sainz acredita que a presença do dispositivo de segurança do cockpit Halo prejudica a detecção de chuva leve, forçando os pilotos a adivinharem as condições da pista.

Correndo no final da sessão de ontem, em condições úmidas, o piloto da Renault disse que não percebeu que começou a chover porque o Halo impediu que as gotas chegassem à sua viseira.

“Hoje, quando começou a chover um pouco, você não podia ver as gotas na viseira”, explicou o piloto espanhol na noite de segunda-feira. “O Halo não estava permitindo que as gotas de chuva entrassem na viseira”.

“Então você não estava realmente vendo se chovia ou não. Você estava usando suas mãos no volante, no seu corpo no banco para sentir como estava a aderência”.

Sainz admite que as condições da chuva leve são desafiadoras, pois os pilotos precisam adivinhar o nível de aderência de uma pista ou dependem de informações do pitwall.

“Esse tipo de chuva às vezes realmente nos incomoda porque não sabemos se podemos pressionar 100% ou não”, acrescentou.

No entanto, o piloto da Renault insistiu que não teve problemas com a presença do Halo.

“Depois de duas voltas você não o vê mais, você simplesmente vê através dele”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.