F1 – Haas: Nos próximos dois anos vamos ficar bem parecidos

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019 às 11:57

Haas

É improvável que a Haas se afaste de sua configuração atual de comprar peças da Ferrari e terceirizar o chassi para a Dallara, já que a Fórmula 1 poderia sofrer grandes mudanças em 2021.

Como as outras nove equipes do grid, a Haas tem contrato para a Fórmula 1 pelos próximos dois anos; depois disso, o futuro está no ar.

Os novos proprietários da Liberty Media ainda precisam chegar a um acordo com as equipes com limites orçamentários, possíveis mudanças nos motores e outras novas regras que possam surgir em 2021.

Mas até que a Haas saiba exatamente o que está acontecendo, o chefe da equipe, Guenther Steiner, diz que eles não vão mudar sua maneira de trabalhar.

“Só posso falar pelos próximos dois anos porque não temos um contrato além disso!”, disse ele à RACER. “Nos próximos dois anos vamos ficar bem parecidos”.

“Nós tentamos fazer mais tarefas para o próximo ano, mas você nunca tenta fazer muito, porque se você ficar ganancioso, então você normalmente tropeça”.

“Precisamos aprender e tentar fazer melhor as coisas”.

Steiner faz questão de ver quais são as novas regras que entram em jogo, dizendo que isso poderia funcionar a favor da Haas, já que grandes mudanças vão longe no sentido de nivelar o campo de jogo.

“É onde o futuro está”, disse ele. “Se houver um limite de orçamento, acho que temos mais chances de avançar do que sem isso”.

“Se conseguirmos mais participação nos prêmios em dinheiro, melhor será”.

“É uma das coisas mais importantes neste próximo contrato e, como você sabe, a Fórmula 1 para 2021 não começa em meados de 2020, começa em meados de 2019, se não antes”.

“Se você tivesse informações, com certeza nós começaríamos antes”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.