F1 – Haas não está convencido de mudanças na premiação

sexta-feira, 3 de março de 2017 às 14:43
Gene Haas

Gene Haas

Gene Haas quer que sua equipe de Fórmula 1 se concentre em subir no grid em vez de focar na redistribuição total do prêmio em dinheiro da categoria pelos novos proprietários Liberty Media.

Um dos pontos-chave da discussão desde a aquisição da F1 pela Liberty Media é a distribuição do prêmio de forma mais uniforme entre as equipes, enquanto surgiram rumores de retirada do fundo de premiação histórica da Ferrari depois de 2020.

Haas concorda que a parte do dinheiro do prêmio na F1 é distribuída desigualmente, mas acha que a filosofia geral das equipes vencedoras receberem a maior parte é algo que deve permanecer.

“As três primeiras equipes recebem 70% do dinheiro e as sete equipes inferiores recebem os outros 30%”, disse Haas. “Obviamente eu não quero estar na parte de trás tanto tempo, porque gostaria de chegar à frente onde todo o dinheiro está”.

“É enfim uma estrutura tipo capitalista, o melhor consegue o máximo de dinheiro. Eu não acho que a categoria deve ser uma empresa tipo socialista onde todos merecem sobreviver. É algo que as pessoas que trabalham duro e terminam na frente devem receber”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.