F1 – Haas explica a causa da falha dupla no pitstop

segunda-feira, 26 de março de 2018 às 12:33

Gunther Steiner

O chefe da equipe Haas, Guenther Steiner, explicou o que aconteceu para fazer seus dois carros abandonarem na estreia da Fórmula 1 em 2018 na Austrália e como ela planeja se recuperar.

A equipe americana sofreu um duplo desastre durante a corrida de Melbourne, enquanto Kevin Magnussen e Romain Grosjean estavam correndo entre os cinco primeiros. Magnussen foi o primeiro a ir aos boxes devido a posição na pista, mas foi forçado a parar na curva 4 com uma roda traseira esquerda solta antes de Grosjean sofrer um destino quase idêntico duas voltas mais tarde com uma roda dianteira esquerda.

Steiner confirmou que ambas as porcas das rodas não estavam bem encaixadas, o que forçou as paradas na pista.

O chefe da equipe Haas culpou erros humanos e falta de treino de pitstop na Austrália, em vez de problemas de procedimento, e chamou de “inacreditável”, pois a equipe havia treinado centenas de paradas, apenas para sofrer dois problemas durante a corrida de abertura de F1.

“Tivemos dois fracassos nos pit stops – não encaixaram as rodas corretamente – então tivemos que parar os carros”, disse Steiner. “Por mais que você não queira dizer, é corrida. Isso acontece mesmo que não deva”.

“É quase inacreditável ter isso em uma corrida e em dois carros, enquanto estava em quarto e quinto. É muito decepcionante”.

Steiner diz que sua equipe terá como objetivo corrigir o problema e apoiar todos, já que os integrantes da garagem da Haas pareciam visivelmente abalados após os fracassos na Austrália, e é certo que os problemas não irão surgir em corridas futuras.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.