F1 – Haas “consideraria” Ocon ou Russell

quinta-feira, 27 de setembro de 2018 às 12:55

Gunther Steiner

O chefe da equipe Haas, Gunther Steiner, definiu um cronograma de duas semanas para anunciar a formação de seus pilotos em 2019, com a dupla da Mercedes, Esteban Ocon e George Russell sendo considerados.

A equipe norte-americana espera que as outras peças do quebra-cabeça se encaixem, principalmente a mudança de Charles Leclerc para a Ferrari, quando a Haas era o próximo destino potencial da estrela em ascensão da Scuderia.

A posição de Kevin Magnussen com a equipe tem sido vista como segura durante toda a temporada, mas Romain Grosjean está sob considerável pressão após uma série de acidentes na primeira metade da campanha.

Mas Grosjean se redimiu nos últimos fins de semana de corrida e, como está, Haas deve anunciar uma formação inalterada para 2019.

“As duas semanas acabam no Japão e será dentro delas que faremos o anúncio”, disse Steiner antes do final de semana do GP da Rússia.

Dois pilotos de qualidade no mercado são a dupla da Mercedes, Esteban Ocon, que está atualmente em negociações com a Williams, e o líder do Campeonato Mundial de Fórmula 2, George Russell.

Steiner disse que ambos os pilotos estão em sua lista de candidatos por causa do talento que possuem, mas seus fortes laços com a Mercedes estão impedindo a Haas de se interessar ainda mais, a menos que o problema possa ser resolvido.

“Você sempre considera porque ambos são bons pilotos”, disse Steiner. “Mas, novamente, precisamos cuidar de nós mesmos e acho que o problema é para a Mercedes [resolver]”.

“Eles [Mercedes] têm muito talento e agora precisam encontrar uma maneira de resolver esse problema. Por que isso deveria ser um problema para as outras pessoas? É um bom problema ter e eles precisam resolver isso”.

Steiner também acrescentou que planeja reabrir as conversas com Pietro Fittipaldi se tornar um piloto de testes para a equipe depois de voltar de uma pausa por acidente em maio.

“Falei com Pietro na semana passada”, disse ele. “Ele está indo bem agora, ele se sente confortável sem dor e agora talvez comecemos novamente a fazer testes no final do ano”.

“Nós ainda não chegamos a uma conclusão. Ele está na Europa no momento e nós reiniciamos o diálogo no aeroporto, na verdade. Dissemos que falaremos novamente depois do Japão, quando estaremos de volta aos Estados Unidos”.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP da Rússia de Formula 1 no próximo domingo!

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.