F1 – Gutierrez não culpa a Haas pela saída antecipada

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017 às 14:29
Esteban Gutierrez

Esteban Gutierrez

Embora pensasse que tinha uma segunda temporada na Haas garantida, Esteban Gutierrez não culpa a equipe pela sua saída antecipada.

Gutierrez se juntou a Haas na temporada de 2016, passando de um papel de piloto de teste da Ferrari para um assento de corrida em tempo integral. A mudança, porém, não foi nada bem sucedida para o piloto mexicano.

Enquanto seu companheiro de equipe Romain Grosjean roubou as manchetes com seu começo voador na temporada, as frustrações de Gutierrez começaram a esquentar ao ficar cinco vezes em 11º lugar.

O resultado final foi uma temporada sem um único ponto, e Gutierrez ficou sem um assento para 2017.

“Mesmo que pareça muito ruim do lado de fora, de dentro foi uma grande lição”, disse ele à CNN. “Foi uma ótima experiência montar a equipe do zero. Mesmo que as coisas não funcionaram da maneira que eu queria, me sinto muito grato com Gene Haas por me dar um ano para dirigir para a equipe”.

Ele, entretanto, acreditava que uma segunda temporada na Haas estava garantida.

“Esse era originalmente o plano”, acrescentou. “Eu estava muito confiante e esse foi o meu erro, estar confiante de que as coisas eram garantidas”.

“Mas eu realmente não os culpo – não culpo ninguém – porque eu era o único a estar muito confiante”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.