F1 – Grupo de Estratégia discute regras para uso de motores ‘antigos’

quarta-feira, 9 de setembro de 2015 às 14:45

Manor

A utilização de motores de um ano de idade na F1 na próxima temporada será discutida em uma reunião do Grupo de Estratégia na segunda-feira, segundo o site Autosport.

A Manor teve permissão de utilizar motores Ferrari de especificação 2014 nesta temporada, quando explorou uma brecha nos regulamentos que exigiam somente a permissão da fabricante para usar essas unidades.

O Anexo 4 dos regulamentos técnicos foi revisto para manter todas as equipes em pé de igualdade, mas se entende que o plano é revê-lo mais uma vez.

Fontes sugerem que os regulamentos serão ajustados para permitir diferentes especificações a serem fornecidas durante a temporada e conhecidas como “Current -1” (Atual -1) para diferenciá-las da mais recente especificação.

Ainda deverão ter discussões com relação a redução do preço dessas unidades, que atualmente custam de 15 a 20 milhões de libras por temporada em comparação com os 7 milhões de libras da era V8.

No que diz respeito à introdução de motores de um ano de idade, Bob Fernley da Force India disse ao site Autosport: “Isso tem sido discutido por um tempo. Fundamentalmente, é o mesmo que a Manor está fazendo este ano, correndo com um motor de 2014 em 2015. Seria algo semelhante”.

Quando foi dito que o Anexo 4 foi revisto para evitar isto, Fernley respondeu: “Bem, este é um ponto de discussão…”

Caso as regras sejam ajustadas para permitir o fornecimento de motores de um ano de idade, isto permitiria a Manor adquirir motores Mercedes de especificação 2015 para 2016, se as conversações com a fabricante se concretizarem.

Isto também pode permitir a Red Bull, que não terá motores Renault na próxima temporada e já teve a porta fechada pela Mercedes, usar motores Ferrari sem representar uma grande ameaça para a equipe de fábrica da Scuderia.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.