F1 – Grosjean vê risco de acidentes com nova regra de largada

quinta-feira, 8 de março de 2018 às 12:48

Romain Grosjean

Romain Grosjean teme que a nova regra de largada parada da Fórmula 1, que entra em vigor este ano, poderia ser uma fonte de grande problema para os pilotos após treinos do procedimento em Barcelona.

A Fórmula 1 alterou suas regras esportivas para 2018 e introduziu a possibilidade de relargada após uma bandeira vermelha com uma largada parada se as condições forem favoráveis, a ser decidida pelo diretor de corrida Charlie Whiting.

O sistema foi testado no final das sessões de terça e quarta-feira, com vários pilotos, incluindo Grosjean, alinhados em um grid falso e participando do novo procedimento.

O piloto da Haas não ficou impressionado com o resultado dos testes, ressaltando a dificuldade em largar com seu carro com pneus totalmente frios.

“Não fui além da quarta marcha”, explicou o francês. “É indirigível. Eu fui um dos primeiros a entrar no grid, então fiquei parado lá com [Valtteri] Bottas por um longo tempo”.

“Mas quando relargamos, era como se estivesse na chuva com slicks. Toda vez que você sobe as marchas, as rodas giram e derrapam. Cada vez que reduz, as rodas bloqueiam. Você entra em uma curva e derrapa. Isso não funciona”.

“Pela segurança, estou um pouco preocupado porque, como eu disse, fui até a quarta marcha e isso foi o máximo que pude fazer”.

“Para mim, poderia ser uma carnificina. Você pode perder o carro em linha reta, e se isso ocorrer e com os carros que estão atrás…”

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.