F1 – Force India reage sobre comentário de Haas

sexta-feira, 2 de junho de 2017 às 10:32
Force India e Haas

Force India e Haas

Vijay Mallya, chefe da Force India, está “desapontado” com Gene Haas, que expressou seu apoio ao sistema de distribuição de renda atual da Fórmula 1.

A Haas e Force India estão entre as poucas equipes que não têm um acordo especial sobre o fundo de premiação baseado em desempenho regular, e Mallya há muito faz campanha para uma divisão de renda mais justa.

O CEO da F1, Chase Carey, também deixou claro que a Liberty Media quer que o sistema mude, em parte para ajudar a melhorar o grid.

Mas Haas recentemente argumentou que o método atual de equipes há muito estabelecidas recebendo uma maior porcentagem de renda comercial era justo, dizendo que a F1 não deveria seguir uma “estrutura do tipo socialista”.

Esses comentários irritaram Mallya.

“Acho que é decepcionante que um novo participante, que não tenha experiência anterior em possuir uma equipe de F1, faça uma declaração tão profunda”, disse Mallya ao site Autosport.

“Qualquer pessoa que olhe para o padrão de distribuição de renda da F1 imediatamente, sem sequer ser alertada, perceberá o quão deixa a desejar. Claramente, o DNA da F1 deve incluir equipes independentes, não apenas equipes de fabricantes. E equipes independentes precisam ser financeiramente viáveis e capazes de competir”.

“Então eu fiquei particularmente feliz quando a Liberty Media e Chase Carey disseram de maneira efetiva o que a Force India tem defendido por muito tempo: que a distribuição de renda precisa ser revisada e ajustada para ser justa para as equipes menores também”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.