F1 – FIA vai rever o uso de DRS após o GP da China

segunda-feira, 27 de março de 2017 às 12:45
Charlie Whiting

Charlie Whiting

O diretor de corridas da Fórmula 1, Charlie Whiting, revelou que uma decisão sobre alterar as regras do DRS será feita após o GP da China.

Há pedidos para aumentar as zonas de DRS com as novas regras aerodinâmicas, com os pneus mais largos que aumentam o arrasto e o downforce tornando as ultrapassagens mais difíceis.

No entanto, quaisquer ajustes nas regras não serão implementadas até depois da segunda rodada do calendário de 2017.

É um pouco difícil testar para avaliar completamente o DRS”, disse Whiting. “Nós tivemos algumas informações, é claro. Não vemos nenhuma diferença significativa no momento”.

“É por isso que pensamos que devemos avaliá-lo nas duas primeiras corridas, mas na verdade não foi o suficiente (na Austrália) para as nossas necessidades, razão pela qual há alguns anos introduzimos uma segunda zona de ativação com base num ponto de detecção”.

“Em outras palavras, você tenta aproximar do carro na frente na primeira zona, e fazer algo melhor na segunda zona”.

“Parece ter funcionado razoavelmente bem, mas não pudemos fazer isso aqui, então nos comprometemos a avaliá-lo depois da segunda corrida”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.