F1 – FIA endurece regras de verificação de combustível

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014 às 17:20
FIA autoriza equipes a realizarem testes no Bahrain

Federação Internacional de Automobilismo

A FIA anunciou que os pilotos de Formula 1 serão proibidos de pararem os carros nas voltas de diminuição de velocidade numa tentativa de economizar combustível para a vistoria pós-corrida.

Como as equipes e os fabricantes de motores já admitem que será difícil completar algumas corridas com o limite de 100 kg de combustível, a FIA determinou provisoriamente uma emenda aos regulamentos desportivos que irá tornar as coisas ainda mais difíceis.

Na sequência de discussões numa reunião do Grupo de Estratégia da F1 e pelo Conselho Mundial de Automobilismo, esta semana, foi decidido que os pilotos não poderão parar seus carros imediatamente após a bandeira quadriculada.

Um comunicado emitido pela FIA afirmou: “Os pilotos não podem parar na volta de diminuição de velocidade para economizar combustível para a coleta e análise. Isto não será considerado motivo justificável”.

Levar um carro a uma parada logo após a bandeira quadriculada, como aconteceu várias vezes durante 2013, significa que o combustível necessário para ir até os boxes não é usado. Assim nas verificações no parque fechado haverá maior quantidade de combustível.

O novo regulamento, que ainda precisa de aprovação da Comissão de F1 e das equipes antes de ser colocado em vigor, significa que os pilotos terão de carregar uma margem de segurança maior de combustível do que antes.

Penalidades antes dos pitstops

A FIA também anunciou que possíveis penalidades de cinco segundos que seriam distribuídas por comissários em 2014, podem ser cumpridas pelos pilotos ao mesmo tempo dos pitstops planejados.

Os carros serão permitidos pararem em seu pit para cumprir a pena de 5 segundos, podendo as equipes, em seguida, realizar a troca de pneus programada ou consertos, ao invés da parada de penalização ter que ser feita em separado.

As penas de dez segundos ainda devem ser cumpridas completamente separadas.

Também foi acertado que serão permitidas às equipes seis toques de recolher ‘coringa’ em 2014, onde podem extrapolar as horas diárias de trabalho, diferente das duas anteriores, devido às complicações causadas por novos motores e carros.

O pessoal da equipe de F1 também terá que usar capacete nos boxes durante a classificação.

O limite de peso dos carros de F1 também foi aumentado em 1 kg passando para 691 kg por causa dos pneus Pirelli mais pesados que estão sendo introduzidos.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.