F1 – Ferrari: Problema de Leclerc foi falha no cilindro, não no MGU-H

Charles Leclerc

A Ferrari revelou que a perda de potência de Charles Leclerc, enquanto liderava o GP do Bahrain da Fórmula 1, foi o resultado de uma falha no cilindro do motor e não da MGU-H, como indicado pela primeira vez.

O pole Leclerc caiu para terceiro lugar na largada, mas recuperou a liderança logo no início e parecia pronto para ter uma vitória brilhante até que ele perdeu potência nos estágios finais e foi passado por Lewis Hamilton.

Mensagens de rádio entre Leclerc e o pitwall da Ferrari sugeriram que o carro havia perdido o sistema de recuperação do MGU-H, mas o diretor da equipe, Mattia Binotto, esclareceu que o problema estava relacionado apenas ao motor de combustão interna.

Binotto disse que uma investigação para encontrar a causa do problema estava ocorrendo, e que a Ferrari faria mais exames na base de Maranello e, no treino para o GP da China.

“Estamos verificando o motor agora, por isso ainda não temos uma explicação clara do que aconteceu”, disse ele.

“É um problema no motor. Nós tivemos uma falha em um cilindro, mas [a razão ainda] deve ser entendida”.

“O motor vai voltar para Maranello para verificações cuidadosas, porque quando algo assim acontece, você precisa ter tempo para fazer as verificações com cuidado. Mas o motor estava funcionando no final da corrida, então ainda é capaz de rodar”.

“Vamos usá-lo certamente na sexta-feira na China e teremos uma sexta-feira inteira para avaliar seu comportamento, sua funcionalidade e seu desempenho”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.