F1 – Ferrari nega malícia na mensagem de rádio

F111-massa-smedley-cingapura-sexta615
A Ferrari afirmou que não houve nenhuma intenção maliciosa nos comentários de Rob Smedley para Felipe Massa no GP de Cingapura, onde o engenheiro de corrida disse ao brasileiro para “destruir” a prova de Lewis Hamilton.

Em sua coluna Horse Whisperer, a organização italiana admitiu que os comentários não foram os “mais politicamente corretos”, mas insistiu que não tiveram absolutamente nada a ver com a colisão que ocorreu entre os pilotos momentos depois.

“Palavras, palavras, palavras… Lendo alguns dos diários ingleses, parece que a Horse Whisperer não está sozinha ao pensar em William Shakespeare quando ele se deparou com a polêmica tempestade em copo d´água que foi a frase dita por Rob Smedley durante o GP de Cingapura”, escreveu a Horse Whisperer no site da Ferrari.

“É verdade que o engenheiro de corrida de Felipe Massa escolheu usar o verbo ‘destruir’ no calor do momento. Pode não ter sido a escolha de palavra mais politicamente correta, mas definitivamente não teve nenhuma intenção maliciosa, principalmente quando você leva em conta que Rob é um rapaz de Middlesbrough, nascido e criado”.

“Também é verdade que seu conselho para Felipe foi dado na saída da curva 5 na volta 11 da prova, pouco antes de o piloto da Ferrari e Hamilton entrarem nos pits juntos. Em outras palavras, não teve nada a ver com a colisão entre Felipe e Lewis que aconteceu na volta seguinte”.

“Não teria sido necessário muito para evitar esse equívoco, mas é o que ocorre no frenético mundo da Fórmula 1”.

LS – www.autoracing.com.br 

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.