F1 – Ferrari não teve escolha na troca do motor de Vettel

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel

A decisão da Ferrari de trocar o motor de Sebastian Vettel antes da classificação do GP da Malásia não foi uma medida preventiva, como se pensava originalmente.

A equipe de Maranello decidiu substituir o motor de Vettel depois de detectar um problema elétrico no final do TL3, afirmando inicialmente que estava fazendo isso como uma precaução.

Embora a equipe tenha conseguido ajustar o novo motor a tempo para a classificação, um problema de pressão no turbo significou que Vettel não conseguiu completar uma volta cronometrada no Q1.

A equipe instalou uma unidade que estava destinada a ser usada no Japão no próximo fim de semana, e que era o quarto motor e a quarta MGU-H da alocação de Vettel, mas com um turbo mais antigo e outras partes.

Apesar de a equipe ter dito originalmente que a troca era de precaução, a equipe indicou mais tarde que o problema com o primeiro motor não poderia ser corrigido na pista, então seria errado considerar a decisão de fazer a mudança antes da classificação.

Vettel acrescentou: “Tivemos o problema esta manhã e decidimos trocar o motor. Então eu saí, tudo estava bem, e então, durante a volta voadora na curva 5, de repente eu perdi potência”.

“Tive a sorte de voltar para que pudéssemos dar uma olhada, mas não conseguimos resolver o problema na pista”.

“O que aconteceu foi que eu perdi a pressão do turbo, então eu não tinha potência basicamente, mas o motivo, ainda não sabemos”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.