F1 – Ferrari: Fornecer motores à Red Bull seria perigoso

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015 às 9:27

Red Bull

A Ferrari não forneceu motores à Red Bull para 2016, porque teria sido “perigoso” para a competitividade da Scuderia, diz Sergio Marchionne.

Quando lhe pediram para explicar o raciocínio por trás da decisão da Ferrari, Marchionne disse que sua prioridade era assegurar que sua equipe estivesse na melhor posição possível para vencer e o fornecimento para a Red Bull colocaria isso em risco.

“Tivemos que lidar com algumas incertezas de nossa própria arquitetura e tivemos de diminuir a diferença tecnológica”, disse Marchionne. “Então, nos comprometendo a fornecer uma unidade de potência equivalente a uma equipe que tem capacidade técnica de projetar chassis, poderia ser perigoso para a competitividade da Ferrari”.

“Meu principal compromisso é apoiar e proteger a Ferrari. Não estou interessado em derrotar a Mercedes com a Red Bull. Se alguém diz ‘vamos usar o motor da Ferrari para derrotar a Mercedes’, não estou interessado nesse argumento. Eu quero que a Ferrari ganhe”.

“Sabemos que as habilidades de Red Bull são boas, ela nos destruiu com Sebastian Vettel e com os campeonatos que venceu”.

A Ferrari fornece atualmente para a Sauber e Manor, e Marchionne afirmou em junho que a empresa estaria “feliz” em fornecer também para a Red Bull.

Mas o italiano disse que não faz sentido para a Ferrari gastar centenas de milhões em desenvolvimento de um motor só para dar a Red Bull por uma fração do custo e, em seguida, ser derrotada.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.