F1 – Ferrari e Mercedes respondem a Ecclestone

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 às 15:31

Comemoração dos 900 GPs da Ferrari

Bernie Ecclestone atacou violentamente a Ferrari e a Mercedes alegando que a luta destas pelo poder na F1 pode destruir a categoria, e como se calcula, as reações não se fizeram esperar.

A Ferrari respondeu dizendo que a razão da sua intenção é “simplesmente garantir os princípios de governabilidade”, e que Ecclestone dizer que a Ferrari e a Mercedes comandam a Comissão da F1 é “um pressuposto discutível”.

Já a Mercedes preferiu destacar a parte estatística: “A Mercedes está continuamente envolvida na F1 desde 1993 e já está comprometida até 2020. Competiu em 25 temporadas da Fórmula 1, quase 40% da história do campeonato”.

“É parceira comercial do grupo de Bernie Ecclestone na Fórmula 1 e fornece os carros de segurança e carros médicos desde 1996”.

“Todos os quatro construtores envolvidos na F1 competiram em pelo menos 25 temporadas: a Ferrari em 66, a Renault em 37 e a Mercedes e a Honda em 25. São os quatro construtores mais leais na história da categoria”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.