F1 – Ferrari critica Raikkonen depois da China

segunda-feira, 10 de abril de 2017 às 12:20
Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel

Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel

A Ferrari criticou abertamente Kimi Raikkonen depois do GP da China de domingo. A marca italiana não estava sozinha.

O influente diário esportivo La Gazzetta dello Sport disse depois da corrida que a diferença entre Raikkonen e seu colega de equipe Sebastian Vettel é que o alemão faz ultrapassagens.

“Kimi nunca tentou”, observou.

Mas a crítica foi até o topo, com o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, que esteve em Xangai para observar a equipe em ação.

“Raikkonen estava perdendo alguma coisa? Sim, hoje ele parecia ter outros compromissos, estava ocupado fazendo outra coisa, ou talvez estivesse cansado”, disse ele à emissora italiana Sky. “Vettel foi muito mais agressivo”.

“Vou falar com (Maurizio) Arrivabene, já que talvez seja hora de sentar com ele (Raikkonen) e dizer-lhe algo claramente”.

De forma mais geral, no entanto, Marchionne disse que está feliz com o progresso da Ferrari até agora, com Vettel liderando o campeonato mundial.

“A Ferrari pode disputar com a Mercedes? Já estamos fazemos isso”, disse ele.

No campeonato de construtores, no entanto, a Ferrari está um ponto atrás da Mercedes, mesmo com a equipe italiana tendo dois campeões mundiais nos carros.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.