F1 – Falta de simulador pode prejudicar nas novas largadas, diz Nasr

terça-feira, 11 de agosto de 2015 às 13:17

Felipe Nasr

Felipe Nasr teme que a falta de simulador da Sauber poderia custar caro quando as novas regras de largada entrarem em vigor a partir da Bélgica.

Nasr e Marcus Ericsson já são prejudicados pelo fato da equipe com sede na Suíça ser a única equipe de F1 a não ter um simulador.

Mas com as largadas sob controle dos pilotos de Spa em diante, com pouca interferência técnica do pitwall, Nasr acredita que ele e Ericsson estarão em desvantagem com os seus rivais.

“A falta de simulador é um fator negativo, certamente, e a equipe está ciente disto, e estamos tentando pensar em algo para o próximo ano”, disse Nasr.

“Mas ainda sinto que um simulador é a melhor maneira para compensar a perda de tempo de pista, e agora temos essas novas regras em Spa, o que é outra coisa que você pode testar no simulador”.

“Nós já testamos alguns procedimentos na Hungria, quando procuramos encontrar algumas referências. Vai ser difícil ter uma largada perfeita, sem todas as informações, mas vai ser o mesmo para todos”.

“Tudo o que estamos procurando é a consistência, que não precisa ser o melhor. É mais fácil dar errado do que perfeito, por isso, assim que tivermos um padrão, será bom”.

“Mas num momento como este eu adoraria ter um simulador, para testar essas coisas”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.