F1 – Exumação de Fangio segue adiante

quarta-feira, 5 de agosto de 2015 às 16:31

Juan Manuel Fangio

O corpo de Juan Manuel Fangio será exumado esta semana, seguindo as ordens de um juiz na Argentina para um teste de paternidade.

Em 10 de julho, um tribunal de Mar del Plata – a cidade da Argentina mais próxima de Balcarce, onde Fangio nasceu – autorizou exumar o corpo da lenda do automobilismo, a fim de determinar se era o pai de um homem chamado Oscar Cesar Espinoza.

No entanto, a exumação foi suspensa poucos dias depois por um tribunal diferente localizado em La Plata, capital da província de Buenos Aires. Isso aconteceu porque outro caso de filiação, iniciado antes de Espinoza, no qual Ruben Vazquez também afirmava ser filho de Fangio.

Mas Rodrigo Cataldo, o juiz encarregado do Tribunal de Mar del Plata, que tem a ação de Espinoza, confirmou nesta terça-feira que vai continuar com a exumação como foi planejado em sua data original de 07 de agosto.

Fangio nunca se casou ou teve filhos reconhecidos em sua vida, embora tivesse um longo relacionamento com Andrea Berruet, a mãe de Espinoza.

Fangio começou a competir em 1930, em um táxi Ford modelo A. Famoso por seu gênio tático, bem como a velocidade quando necessário, ele ganhou seus títulos com Alfa Romeo, Maserati, Mercedes e Ferrari juntamente com 24 vitórias.

A confirmação vem no 58º aniversário da vitória de Fangio em Nurburgring em 1957, no dia em que o piloto argentino se tornou cinco vezes campeão mundial da Fórmula 1.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.