F1 – EXCLUSIVO: Lewis Hamilton correrá pela Mercedes em 2021

quinta-feira, 12 de novembro de 2020 às 3:08

Toto Wolff e Lewis Hamilton

Assim como já dissemos com exclusividade na última terça-feira no Podcast Loucos por Automobilismo, o Autoracing pode confirmar que Lewis Hamilton continuará na equipe Mercedes por pelo menos a temporada de 2021.

De acordo com nossa fonte dentro da equipe Mercedes, tanto Hamilton quanto a Daimler, advogados e etc., já acertaram todos os detalhes do novo contrato que será divulgado logo após Hamilton conquistar seu sétimo título mundial – que pode ser neste domingo -, ou depois que a temporada acabar.

O detalhe importante do contrato é que existe uma clausula que permite Hamilton decidir ao final de cada ano – até meados de outubro – se ele vai continuar no ano seguinte ou não, independentemente de posição na tabela ou qualquer outra coisa. Ele terá a liberdade de decidir se quer continuar na equipe, na F1 ou não.

Essa clausula talvez nem seja divulgada quando o novo contrato for anunciado, mas ela existe e poderá ser exercida por ele até meados de outubro de cada ano do contrato. Essa clausula inclusive faz com que a duração total do contrato seja irrelevante.

Muitos detalhes do novo contrato foram discutidos entre as partes durante os últimos meses e tanto Hamilton quanto a Daimler chegaram a um acordo em todos eles. Mas havia um detalhe “pegando”, que era Toto Wolff não querer mais ser o chefe da equipe, mas sim ter outra função que não necessitasse de sua presença constante nas fábricas da Mercedes, tanto a da equipe (Brackley) quanto a de motores (Brixworth). Wolff administra ambas, que somadas têm cerca de 2 mil funcionários.

Wolff também não queria mais ser “obrigado” a ir em todas as corridas para comandar a equipe, pois todo esse trabalho somado tira quase todo o tempo dele com sua família e, segundo ele próprio, estava deteriorando sua saúde.

Entretanto, isso também foi “resolvido” e Wolff continuará sendo o chefe da equipe Mercedes pelo menos em 2021. Não está claro se ele continuará tendo que administrar ambas as fábricas – provavelmente não -, mas só o fato de ele continuar sendo o chefe da equipe – fechou o quadro para Hamilton decidir ficar pelo menos mais uma temporada.

É bom frisar que apesar de já estar tudo absolutamente certo, Lewis Hamilton ainda não assinou o contrato até o momento desta publicação, mas de acordo com nossa fonte, “agora só um hecatombe poderia impedir isso”.

AS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.