F1 – Esforço de Verstappen fica sem recompensa em Xangai

Max Verstappen

Pela segunda vez em três corridas, Max Verstappen foi roubado de uma potencial pontuação ao abandonar quase à vista da bandeira quadriculada.

Depois de ter sido forçado a sair do que teria sido um Top 10 na estreia na Austrália, o holandês teve negado em Xangai a possibilidade de somar mais pontos, como garantiu na Malásia, quando um problema no motor parou seu carro na reta de chegada, trazendo o carro de segurança até o final da corrida.

O resultado, que deixou Verstappen como o último dos quatro abandonos na corrida, foi particularmente irritante já que ele foi o responsável pela maior parte da emoção na pista. Desafiando a sabedoria convencional de que, aos 17 anos, era muito jovem para estar na primeira divisão, o ex-campeão de kart fez três ultrapassagens sobre rivais mais experientes e se preparava para um oitavo lugar quando o motor falhou.

A equipe Toro Rosso novamente foi uma ameaça para suas rivais no pelotão intermediário, mesmo que tenha ficado sem pontuar, depois do abandono de Carlos Sainz, também com problemas de confiabilidade, e Verstappen estava satisfeito com seu carro até o momento em que foi forçado a parar com uma súbita – e inédita – falha no motor de combustão interna.

O chefe da equipe, Franz Tost admitiu que seus jovens pilotos, sem dúvida, mereciam marcar pontos na China.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.