F1 – Ericsson: Primeira metade de temporada foi incrível

Sauber

A metade inicial da temporada de 2018 da Fórmula 1 da Sauber foi “incrível”, de acordo com Marcus Ericsson, em meio ao retorno da equipe à hierarquia do meio-campo.

Ericsson se juntou à Sauber no final de 2014 e fez parte da equipe que teve dificuldades até 2016/2017, em meio a problemas financeiros iniciais, um carro sem brilho e a mudança para um motor de um ano atrasado.

A Sauber passou grande parte de 2017 abandonada na retaguarda do campo e marcou apenas cinco pontos, cortesia de Pascal Wehrlein, já que a Ericsson não conseguiu chegar ao Top 10.

A equipe contratou unidades de potência Ferrari para o ano de 2018 e assinou um contrato de patrocínio com a Alfa Romeo, sob a administração do recém-nomeado chefe da equipe, Frederic Vasseur.

A Sauber marcou 18 pontos em sete corridas para se manter em nono na classificação geral, com o companheiro de equipe de Ericsson, Charles Leclerc, chegando ao Q3 em três ocasiões.

“Para ser honesto, nossa primeira metade da temporada como equipe tem sido incrível”, disse Ericsson. “Acho que olhar para onde estávamos nos últimos dois anos, para este primeiro semestre, é melhor do que poderíamos ter sonhado. Então, muito bom”.

“E depois eu pessoalmente fiz alguns pontos e algumas boas atuações. Você sempre quer mais, claro, mas acho que tem sido uma primeira metade decente para mim também”.

“Acho que meus desempenhos de corrida neste ano foram muito fortes. Aos domingos tenho sido muito bom. É claro que houve alguns erros, como Silverstone, mas em geral aos domingos eu tenho sido muito bom”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.