F1 – Equipes rejeitam proposta de carros de clientes

quarta-feira, 10 de setembro de 2014 às 12:30

Largada do GP da Itália

As equipes da F1, mais uma vez rejeitaram a ideia de trazer de volta os carros de clientes para as corridas.

Como as tentativas de implantar um teto orçamentário ou controle de custos radical falharam, houve novas discussões no GP da Itália sobre outras opções para ajudar as equipes menores.

Uma sugestão discutida durante uma reunião do Grupo de Estratégia de F1 foi do chassi sair da lista de peças que as equipes devem fazer por si mesmas.

Se isso acontecesse, iria abrir o caminho para equipes menores comprarem carros de fabricantes maiores.

Mas decidiram que, sendo o campeonato de equipes (construtores) bem como o de pilotos um dos principais pontos fortes da F1, o plano de chassis foi rejeitado.

No entanto, as equipes maiores permaneceram abertas à ideia de um terceiro carro no caso de algumas equipes menores saírem, por não conseguirem se manter financeiramente.

Marco Mattiacci da Ferrari admitiu que um terceiro carro fosse preferível do que equipes clientes, mas disse que não era uma prioridade para ele no momento.

“Eu acho que, se continuarem chamando o campeonato de construtores, os participantes têm de construir o chassi”, disse ele. “Caso contrário, você vai diluir o DNA da F1. Se é um campeonato de construtores, você precisa construir algo”.

“Já o terceiro carro, é uma opção, mas estou muito focado em garantir que os meus dois carros funcionem. Então não quero pensar em um terceiro”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.