F1 – Equipes pequenas exigem conversações sobre a ”Super GP2″

segunda-feira, 17 de novembro de 2014 às 16:40

GP da Bélgica 2014

As equipes pequenas da F1 exigiram conversações urgentes com Bernie Ecclestone em Abu Dhabi para evitar que o esporte seja prejudicado pela criação “míope” de uma categoria com dois níveis.

Isto ocorreu no meio de preocupações onde os planos para aumentar os pagamentos às pequenas equipes foram abandonados em favor de um esforço tanto para carros de cliente ou no plano para fazerem as equipes pequenas correrem com carros mais desenvolvidos da GP2, que surgiu na semana passada.

Em uma carta a Bernie Ecclestone, o diretor-adjunto da Force India Bob Fernley solicitou as negociações, que também envolvem a Lotus e Sauber. Uma cópia foi enviada a todas as equipes da F1.

Foi o resultado da falta de uma resolução do plano de Ecclestone para verificar o problema com a CVC Capital Partners, que detém os direitos comerciais da F1.

“A partir de nossas reuniões, observamos positivamente que as nossas preocupações foram reconhecidas e que havia uma base para um diálogo construtivo”, escreveu Fernley na carta. “No entanto, depois de nosso encontro no Brasil, vemos claramente a direção da F1 para carros de clientes e Super GP2”.

“Está igualmente claro que o grupo de estratégia não tem nenhuma intenção em reduzir o custo. Gostaríamos de salientar que nós viemos principalmente com o pedido de redução de custos”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.