F1 – Equipe Haas está aprendendo com os erros dos outros

sexta-feira, 22 de maio de 2015 às 14:57

Maurizio Arrivabene e Gunther Steiner

A equipe Haas tem aprendido com os erros cometidos pelos mais recentes inscritos na F1, de acordo com o chefe da equipe Gunther Steiner.

O projeto USF1 não chegou ao grid em 2010, enquanto a HRT e Caterham tiveram dificuldades na parte de trás do pelotão por alguns anos antes de fecharem suas portas sem ter marcado nenhum ponto. A Marussia pontuou com Jules Bianchi em Mônaco no ano passado, mas foram os únicos pontos em seus cinco anos e meio de história.

A Haas garantiu uma inscrição em 2014 e depois de inicialmente planejar entrar nesta temporada, a equipe decidiu adiar a sua estreia até o próximo ano, para permitir mais tempo de preparação. Steiner declarou que não estava preocupado com os maus resultados alcançados pela HRT, Caterham e Marussia porque a Haas fez sua lição de casa.

“Eu não diria que me preocupa”, disse ele. “Nós levamos a sério o que aconteceu. Nós o analisamos com respeito. Mas é por isso que tentamos fazer diferente. Se queremos fazer o mesmo, partindo do nada, fazendo tudo por nós mesmos, sem tempo, em seis meses fazendo tudo – nós não estaríamos fazendo isso, porque ninguém precisa fazer isso”.

“Nós queremos fazer isso certo e queremos tentar nos dar a melhor chance possível na pista. E fazendo igual (como as equipes anteriores), como já disse antes, não funciona”.

“Começando do nada, não funciona para ninguém”.

A equipe americana tem um acordo de motor e parceria técnica com a Ferrari, o que significa que a Scuderia fornecerá à Haas todas as partes “não listadas”, de acordo com os regulamentos.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.