F1 – Ecclestone decidirá qual a fornecedora de pneus

Bernie Ecclestone

A Pirelli e Michelin agora enfrentam uma batalha para convencer Bernie Ecclestone qual delas merece o próximo contrato de fornecimento de pneus para a F1.

Depois de serem as duas únicas fabricantes a apresentar propostas, as duas empresas tiveram até 17 de julho para convencer a FIA que suas propostas cumpriam os requisitos técnicos e de segurança.

A Pirelli confirmou a Autosport ter feito isto, e entende-se que a Michelin também, por isso agora cai sobre o detentor dos direitos comerciais Ecclestone ponderar os aspectos comerciais de cada lance.

Ecclestone deve realizar discussões nas próximas semanas com Paul Hembery e Pascal Couasnon, diretores esportivos da Pirelli e Michelin, respectivamente, antes de anunciar o vencedor do contrato para 2017 a 2019, em setembro.

Em declarações ao site Autosport, Hembery disse: “Obviamente temos uma história de 100 anos de automobilismo, e estivemos na F1 por cinco anos. Isto é uma base para muita validação a partir do ponto de vista da FIA”.

“Nós somos uma conhecida, estabelecida, fornecedora de alta qualidade para o mundo do automobilismo, e isso é realmente a base de aprovação. Em termos de aspectos técnicos, já dissemos que vamos cumprir os requisitos da F1. Vamos seguir as regras e cumprir com as decisões das equipes, promotores e da FIA”.

Couasnon admitiu no mês passado que conquistar um Ecclestone cético seria a chave para o sucesso.

A Michelin está ansiosa para introduzir rodas de 18 polegadas na F1, usadas nos carros de rua atuais, e também produzir um pneu mais duradouro que permita aos pilotos forçar ao máximo com mais frequência durante uma corrida.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.