F1 – Duas equipes falharam no processo de seleção para 2016 ou 2017

sexta-feira, 14 de agosto de 2015 às 14:22

Fórmula 1

Duas equipes foram mal sucedidas no processo de seleção mais recente da FIA para entrarem na F1 em 2016 ou 2017.

A FIA convidou os candidatos a apresentarem o seu interesse em maio e fixou o prazo para junho, antes de estender para o dia 23 de julho.

Duas equipes apresentaram os pedidos, mas não preencheram os critérios que a FIA determinou, ou seja, o grid não vai crescer além da entrada da Haas em 2016.

Um porta-voz da FIA disse: “Nós podemos confirmar que a FIA recebeu dois pedidos para vagas no grid da F1. Posteriormente analisamos os pedidos através de nossos processos. Infelizmente, nenhum dos candidatos foi capaz de satisfazer os critérios da FIA para novas equipes, apesar de ser concedida a oportunidade, e agora consideramos esta fase de candidaturas fechada”.

As identidades das duas equipes são desconhecidas. O porta-voz da FIA disse que o órgão não irá revelar os nomes dos candidatos.

Quando a FIA anunciou o novo processo de seleção, afirmou que uma decisão seria tomada com base nos “interesses globais de longo prazo do campeonato”, e que não iria selecionar uma equipe adicional se não houvesse nenhum candidato viável.

A FIA disse que iria avaliar:

• Capacidade técnica e recursos da equipe
• Capacidade da equipe para aumentar e manter fundos suficientes para permitir a participação no campeonato a um nível competitivo
• Experiência e recursos humanos da equipe
• Importância que o candidato pode trazer para o campeonato como um todo

Isso significa que 11 equipes vão disputar o campeonato na próxima temporada.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.