F1 – Di Resta: Meus pés estavam me matando durante a corrida

segunda-feira, 31 de julho de 2017 às 12:36
Paul di Resta

Paul di Resta

Paul di Resta revelou que seus pés o estavam “matando” durante seu retorno de Fórmula 1 com a Williams no Grande Prêmio da Hungria.

O piloto de 31 anos substituiu o adoentado Felipe Massa após o treino final e foi direto para a classificação, largando em 19º antes de abandonar a corrida com um vazamento de óleo enquanto estava em 18º após 60 voltas.

Antes da corrida, di Resta antecipou que o maior desafio seria físico em sua primeira largada em grandes prêmios desde novembro de 2013, mas, apesar de sofrer algum pequeno desconforto no ombro, foram os sapatos de corrida muito pequenos que lhe causaram mais dor.

“Foi bastante difícil”, disse di Resta quando perguntado após a corrida sobre o desafio físico.

“Eu certamente posso sentir isso em meus ombros, mas o maior é o pé. Os sapatos são um pouco pequenos demais”.

“Meus pés estavam me matando”.

Di Resta, que correu para a Mercedes no DTM desde que perdeu seu assento na F1 no final de 2013 após três temporadas com a Force India, espera que seu desempenho possa levar a mais oportunidades no futuro.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.