F1 – Definidos os compostos de pneus para o México

quinta-feira, 13 de julho de 2017 às 9:16
Pneus da Fórmula 1

Pneus da Fórmula 1

A Pirelli definiu os três compostos mais macios da sua gama para o GP do México no final deste ano.

Em acordo com as escolhas recentes, a seleção de pneus ultra macios, super macios e macios representa um degrau para o mais macio do que a abordagem da empresa para o evento de 2016.

De acordo com as regras de 2017, um conjunto de pneus ultra macios deve ser reservado para uso apenas no Q3, enquanto o composto super macio ou macio deve ser usado por um período da corrida.

Será a nona vez entre as 18 corridas que a Pirelli, que introduziu pneus mais largos e duráveis nesta temporada, leva os três compostos mais macios para um evento.

Com a definição de compostos para o México, restam apenas o Brasil e Abu Dhabi.

Compostos de 2017 até agora:

Austrália – Ultra macio / Super macio / Macio
China – Super macio / Macio / Médio
Bahrain – Super macio / Macio / Médio
Rússia – Ultra macio / Super macio / Macio
Espanha – Macio / Médio / Duro
Mônaco – Ultra macio / Super macio / Macio
Canadá – Ultra macio / Super macio / Macio
Azerbaijão – Super macio / Macio / Médio
Áustria – Ultra macio / Super macio / macio
Grã-Bretanha – Super macio / Macio / Médio
Hungria – Super macio / Macio / Médio
Bélgica – Ultra macio / Super macio / Macio
Itália – Super macio / Macio / Médio
Cingapura – Ultra macio / Super macio / Macio
Malásia – Super macio / Macio / Médio
Japão – Super macio / Macio / Médio
EUA – Ultra macio / Super macio / Macio
México – Ultra macio / Super macio / Macio

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.