F1 – Comentários pós treinos livres – Williams – GP do Azerbaijão 2018

sexta-feira, 27 de abril de 2018 às 13:59

Sergey Sirotkin

Lance Stroll, 11º/14º colocado: Eu tenho ótimas lembranças daqui em Baku, e não vou mentir, foi um pouco emocional estar de volta no paddock. Foi um dia complicado para todos. Vimos muitas travadas e muitas bandeiras amarelas. Havia muito tráfego, como esperado, mas ainda foi um dia positivo em muitos aspectos. Nós ainda não estamos onde queremos estar. Ao mesmo tempo, vimos uma melhora no TL1 e, em seguida, no TL2 caímos um pouco, mas ainda está muito melhor do que onde estivemos nos últimos eventos. Eu acho que ainda há muito mais por vir, então vamos ver amanhã o que os outros fazem e onde estamos no pelotão.

Sergey Sirotkin, 8º/17º colocado: Há um grande contraste entre o começo do dia e o fim. O TL1 foi positivo com o trabalho que fizemos e as informações que coletamos. Foi bom ter os dois carros no Top 10, então foi um bom começo para o dia. Nós tivemos menos sorte no TL2. Eu estava um pouco limitado pela quantidade de pneus que tinha, com apenas um pneu de classificação e o resto eram pneus usados, então isso não me ajudou a obter o melhor do desempenho nos stints de simulação. As saídas com tanque cheio foram muito confusas com o tráfego. Fiz algumas voltas limpas, mas não acho que conseguimos os melhores números para a vida do pneu, e para o desgaste e superaquecimento. Isso é um pouco de pena porque começou muito bem de manhã, mas essa sessão foi uma das piores, então estou bastante desapontado com isso.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.