F1 – Comentários pós treinos livres – Haas – GP da Rússia 2018

sexta-feira, 28 de setembro de 2018 às 15:34

Kevin Magnussen

Romain Grosjean, 11º/15º colocado: Tudo correu bem. É uma pista que não é tão fácil de dirigir e encontrar os limites. Então, eu provavelmente tenho um pouco de pilotagem para encontrar. O carro também precisa entrar em um lugar melhor. Geralmente, temos trabalhado muito no hiper macio, vendo se é um potencial pneu de corrida ou não, só para ver em qual estratégia nos classificamos. O equilíbrio estava realmente bem – quase tão fácil de pilotar – e isso nunca é o sinal de um carro muito rápido. Vamos trabalhar para torná-lo um pouco mais desafiador e rápido em uma volta. Então, há algum trabalho a ser feito hoje à noite. Amanhã deverá ser um dia muito melhor.

Kevin Magnussen, 8º/11º colocado: Não foi tão ruim hoje. Estamos vendo que a frente do meio-campo é muito apertado. São apenas alguns décimos entre P7 e P12. É uma batalha emocionante lá em cima, e vai ser apertado na classificação, também. O hiper macio com combustível alto, em corrida, é muito complicado. Ele se desgasta incrivelmente rápido. É muito frágil. Eu acho que vai ser uma grande vantagem se você se classificar no P11, fora do Q3. Com uma escolha livre para começar no macio, você terá uma grande vantagem. O equilíbrio do carro era muito bom. Existem algumas coisas para ajustar, mas o nosso ponto de partida foi bom. Nós podemos trabalhar de lá.

Quer concorrer a uma réplica do capacete do Ayrton Senna? Clique AQUI e palpite sobre quem vai vencer o GP da Rússia de Formula 1 no próximo domingo!

[the_ad id=”237860″]

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.