F1 – Comentários pós corrida – Manor – GP de Cingapura 2016

domingo, 18 de setembro de 2016 às 14:38
Pascal Wehrlein

Pascal Wehrlein

Pascal Wehrlein, 16º colocado
Tenho dito por todo o fim de semana que essa não era a nossa pista, mas de qualquer maneira terminamos em 16º e com um Sauber atrás de mim, por isso não foi tão ruim. Eu amei toda a experiência de uma corrida noturna e estou muito satisfeito. Esta foi definitivamente a corrida mais difícil da temporada. Eu estava forçando tudo do início ao fim, mas particularmente no meio da corrida para se certificar de manter Ericsson atrás. Pelo nosso desempenho durante o fim de semana, foi inesperado que tivéssemos ritmo para fazer isso. Também fiquei no ultra macio por 26 voltas no stint final. Eu tinha que fazer esse trabalho, e fiz, então, novamente, estou muito feliz com isso.

Esteban Ocon, 18º colocado
Não foi a melhor corrida. Muito difícil, na verdade. Na largada consegui evitar os detritos do incidente envolvendo Hulkenberg, mas depois tive uma penalidade por ultrapassar sob o carro de segurança. Cumpri a punição na minha primeira parada, mas o pitstop se tornou ainda mais problemático quando houve um problema na montagem da roda. Perdi muito tempo e foi muito frustrante, porque havia pouco que pudesse fazer, além de concentrar em terminar a corrida. Cingapura é um lugar muito especial e uma corrida espetacular, por isso, embora não tivesse a oportunidade de mostrar os nossos pontos fortes aqui, tenho algumas boas memórias e experiências para levar. É o meu terceiro fim de semana de corrida e por isso tenho seis corridas restando para mostrar meu trabalho, que é o que vamos fazer na Malásia, dentro de duas semanas.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.