F1 – Comentários pós corrida – Manor – GP da Itália 2016

domingo, 4 de setembro de 2016 às 14:19
Esteban Ocon

Esteban Ocon

Esteban Ocon, 18º colocado
Foi uma corrida longa, de onde eu larguei. Estávamos com pneus médios para um stint longo – 32 voltas – e nenhuma das oportunidades que esperávamos que pudesse mudar a corrida aconteceu. No final, com o pneu macio, estávamos realmente no limite. Por isso foi bom terminar, especialmente após o problema para o carro de Pascal. Completei duas corridas com muita aprendizagem sobre os pneus e gestão de corrida, mas agora estou pronto para usar essa experiência para lutar por algo mais. Creio que seríamos capazes de muito melhor aqui, por isso foi uma pena.

Pascal Wehrlein, não completou
Estou muito desapontado, é claro. Quando ouvi meu engenheiro me dizendo: “Pare o carro. Pare o carro”, não pude acreditar. Eu tinha de verificar o que estava ouvindo. Claro, foi por uma boa razão, para proteger o carro, então eu sabia o que tinha de fazer – só não queria acreditar, eu acho. A situação de hoje foi difícil de tomar, sabendo o que é possível do carro e ter forçado tão duro a semana toda novamente. Mas sei que a equipe vai querer resolver os problemas o mais rapidamente possível; é decepcionante para todos e não podemos deixar um bom resultado ficar longe de novo, se quiser proteger a nossa posição no campeonato. Voltaremos ao combate em Cingapura, uma corrida que estou realmente animado. Espero que possamos fazer isso acontecer.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.