F1 – Comentários pós corrida – Haas – GP da Alemanha 2016

domingo, 31 de julho de 2016 às 13:57
Romain Grosjean

Romain Grosjean

Romain Grosjean, 13º colocado
Não foi tão ruim. Acho que tivemos um bom ritmo, mas no segundo stint atrás da Renault, os meus freios superaqueceram muito, e os perdi completamente durante algumas voltas. Isso nos deixou de sobreaviso. Eu não pude avançar e nos custou alguns pontos. Precisamos entender o que houve, mas no geral o carro se comportou bem. Estou mais feliz esta tarde do que estava ontem. Foi uma primeira metade impressionante de temporada. Quero que sejamos capazes de voltar e estar regularmente no Top 10. Existem algumas coisas que precisamos para desbloquear. Nós temos o potencial do carro. Nós só precisamos ajustar todos.

Esteban Gutierrez, 11º colocado
Não foi uma largada fácil. Eu derrapei muito as rodas e fui ultrapassado por muitos carros. Nós éramos os únicos com pneus macios, o que era uma estratégia agressiva, então estávamos esperando ter dificuldades no primeiro stint. Depois tentei me manter tanto quanto podia e, em seguida, comecei a recuperar no segundo stint. Eu estava forçando todo o tempo, tentando recuperar o máximo que podia, bem como lidando com a economia de combustível. Não estamos satisfeitos onde terminamos, já que não conseguimos os pontos. Agora vamos para as férias, que vai ser bom para a equipe depois de quatro corridas em cinco semanas. Estamos todos indo para recarregar as baterias e voltar mais fortes, lutando por pontos em Spa.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.