F1 – Comentários pós corrida – Ferrari – GP do Japão 2018

domingo, 7 de outubro de 2018 às 8:20

Kimi Raikkonen

Sebastian Vettel, 6º colocado
Hoje, achei bastante inspirador andar pela garagem e ver os caras trabalhando! Toda a equipe está animada e isso certamente ajuda, já que as últimas semanas não foram tão fáceis. O espírito está intacto apesar de tudo. Corridas como esta são um pouco de uma delegação e nós sabemos que é difícil de onde estamos na classificação, mas não temos muito a perder. Nós demos tudo até agora e acredito que ainda há algo que podemos aprender e entender do carro. Então continuamos lutando e resistindo e veremos o que as outras corridas trazem. Quanto à colisão com Max, eu obviamente estava tentando forçar, sabia que ele tinha uma penalidade, mas também senti que estávamos rápidos. Eu podia ver que a bateria dele estava cortando, enquanto eu economizava alguma energia da minha. Eu vi uma brecha e fui por dentro, ele obviamente tentou defender e eu não podia ir a lugar algum, então nos tocamos. No entanto, isso faz parte das corridas.

Kimi Raikkonen, 5º colocado
Depois do contato com Max, vi algumas partes voando do meu carro: ficou muito danificado no lado esquerdo. Obviamente, isso afetou negativamente o resto da minha corrida. O que aconteceu é lamentável e depois disso foi muito difícil dirigir. Eu tinha perdido muito downforce, mas não havia muito que eu pudesse fazer. É impossível saber qual teria sido nosso desempenho sem esse acidente na chicane; nós tínhamos melhorado o carro no fim de semana, estava ficando melhor e melhor, mas infelizmente isso é o que temos hoje. Tem sido um final de semana difícil e ruim, o resultado não é o ideal. Agora precisamos analisar profundamente tudo e esperamos que voltemos na próxima corrida em uma situação mais normal, na qual poderemos lutar.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.