F1 – Chefe defende a Force India após a transgressão do número no carro

quarta-feira, 17 de maio de 2017 às 12:39
Force India

Force India

Otmar Szafnauer defendeu a Force India, depois que a equipe foi multada por não cumprir as novas regras em Barcelona.

Para ajudar os torcedores nas bancadas e na audiência da TV, a Fórmula 1 disse às equipes que elas devem colocar números maiores e os nomes abreviados dos pilotos em seus carros na Espanha.

Mas a Force India argumentou que, por causa de seus patrocinadores serem a BWT e NEC, acrescentar ‘OCO’ e ‘PER’ em seus carros seria confuso.

No entanto, foi a localização dos números maiores nos carros que realmente quebrou as regras no último fim de semana.

O gerente da equipe, Andy Stevenson, disse à Auto Motor und Sport: “Quando estou na frente do carro, posso ler o número perfeitamente. Olhando de baixo não é visível, mas não há nada nas regras sobre isso. Há perspectivas com cada carro em que o número não é visível”.

Szafnauer disse que todo o problema foi desencadeado por considerações comerciais para a sua pequena e bem-sucedida equipe.

“Como sabemos, a Force India está bem na pista, mas não é tão forte na área comercial, que está relacionada com a forma como as receitas são distribuídas na Fórmula 1”, disse ele.

“Mas a abordagem dos detentores de direitos comerciais é o que é, então temos que maximizar a maneira como trabalhamos com os patrocinadores. Para fazer isso, precisamos fazer um uso ótimo do espaço no carro”.

“Pessoalmente, acho que poderíamos encontrar uma maneira melhor de distinguir os carros na pista”, acrescentou Szafnauer.

A multa de 25 mil euros da Force India foi suspensa.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.