F1 – Caterham confusa com os comentários de Kobayashi

Kamui Kobayashi

Manfredi Ravetto, chefe da Caterham, insiste que não houve verdade na insinuação de Kamui Kobayashi de que recebeu uma ordem para abandonar o GP da Rússia mesmo sem nenhum problema no carro a fim de poupar quilometragem nos componentes.

Kobayashi disse a repórteres que ficou “realmente um pouco surpreso” e não sabia por que havia recebido uma ordem para abandonar na volta 21 em Sochi, dizendo que “a equipe simplesmente decidiu parar”.

“Na verdade, fiquei bastante surpreso ao ouvir Kamui falando de alguma instrução para poupar quilometragem vinda do gerenciamento da equipe”, declarou Ravetto. “Vimos na telemetria que havia um potencial problema com os freios e decidimos evitar quaisquer riscos”.

“Kamui também confirmou isso oficialmente, e eu gostaria de acrescentar que ele também havia nos pedido para trocar o jogo anterior antes da classificação porque sentiu alguma vibração. Para deixar claro: sim, instruímos Kamui a abandonar porque a segurança dos nossos pilotos é nossa primeira preocupação”.

Ravetto afirmou que há muitas evidências de que a Caterham não estava sofrendo com a falta de componentes.

“Quanto ao comentário de Kamui, tudo o que posso dizer é que a equipe vem progredindo continuamente desde o GP da Inglaterra. Conseguimos nos classificar muito bem nas últimas duas corridas, chegando perto da Q2, e, em Suzuka, reparamos o carro danificado de Kamui a tempo para a sessão seguinte sem nenhum problema, então não consigo entender o comentário dele”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.