F1 – Carta da GPDA foi um erro, segundo Johansson

Pilotos da Fórmula 1

Pilotos da Fórmula 1

Stefan Johansson, ex-piloto de Fórmula 1, criticou os pilotos da atualidade por sua recente carta aberta.

Apesar de assinada apenas pela Associação dos Pilotos (GPDA), soube-se no Bahrain que a carta na verdade teve o apoio de todos os pilotos em atividade na F1. Mas alguns, como Jacques Villeneuve, lhes disseram para “calar a boca”.

Johansson, que correu na McLaren e Ferrari, concorda que a carta da GPDA fazendo fortes críticas contra o governo da F1 e o caminho que a categoria está seguindo foi “uma ideia muito ruim”.

“Tudo o que a carta fez foi dizer o óbvio, e eu adorei a resposta de Bernie (Ecclestone). Essencialmente, ele concordou com os pilotos, mas corrigiu sua ortografia e gramática, o que só destaca o respeito e a reação que a carta teve por parte das pessoas a quem foi endereçada”, escreveu o sueco em seu blog.

Mas Johansson acredita que Ecclestone fez o certo ao responder simplesmente “não” quando lhe perguntaram se os pilotos deveriam ter lugar em uma entidade como a Comissão da F1.

“Enquanto a voz dos pilotos não for a de uma grande estrela, creio que ninguém dará a mínima para o que eles têm a dizer”, afirmou ele. “Seu atual presidente (Alex Wurz) nem sequer é mais um piloto em atividade. Julgando pelos comentários de várias equipes e entidades de governo, acho que eles atiraram no próprio pé, nada mais”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.