F1 – Carey rebate comentários de Ecclestone sobre taxas de corridas

terça-feira, 18 de abril de 2017 às 12:38
Chase Carey e Bernie Ecclestone

Chase Carey e Bernie Ecclestone

Chase Carey rebateu os comentários de seu predecessor Bernie Ecclestone feitos no Bahrain no último fim de semana.

Enquanto participava de sua primeira corrida desde que foi derrubado como supremo da Fórmula 1, Ecclestone admitiu que ele “cobrava demais” dos anfitriões da corrida no passado.

“Mais cedo ou mais tarde, estou com medo de que os governos por trás deles digam que basta, e adeus”, disse o britânico.

Isso não foi música para os ouvidos do americano Carey, que na sequência da tomada de posse da Liberty Media, é agora o sucessor de Ecclestone como executivo-chefe da F1.

Carey culpou Ecclestone por não fazer o suficiente para acrescentar valor ao alto preço pago pelos promotores.

“As taxas são acordos entre duas partes que valorizaram a franquia conforme ela foi valorizada”, disse ele ao Financial Times.

“Ninguém foi enganado, mas a F1 investiu no caminho certo para apoiar os eventos? Não é que o negócio fosse exagerado, é mais: ‘Nós entregamos o que deveríamos entregar?'”, acrescentou Carey.

“Ecclestone administrou por lucros a curto prazo, estamos gerindo para o valor em longo prazo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.