F1 – Carey nega o calendário de 25 corridas

quinta-feira, 6 de julho de 2017 às 13:05
Chase Carey

Chase Carey

Chase Carey negou a configuração de 25 corridas por temporada como alvo para os futuros calendários da Fórmula 1.

Um cronograma de 21 corridas para 2018 já foi revelado, mas há afirmações de novos eventos – particularmente nos EUA – que poderiam levar a contagem para alturas sem precedentes.

“25 corridas seriam possíveis”, disse Helmut Marko, da Red Bull, à Servus TV. “Mas então estaríamos no ponto de trabalhar com duas equipes que vão se alternando”.

“Para nós, o número de corridas não é o ponto. Queremos ter o piloto, não o engenheiro, no centro, e esse domínio de motor deve terminar”.

“Queremos ver coisas como Verstappen lutando com Hamilton e Vettel, sem ouvir os engenheiros dizer aos pilotos como economizar combustível ou ir para outro modo de motor”.

Na verdade, o novo executivo da F1, Carey, parece concordar que há considerações mais importantes do que levar o número de corridas por ano até 25.

“Nós nunca sugerimos isso”, ele esclareceu. “Nós só discutimos a possibilidade de mais corridas, incluindo uma corrida adicional nos EUA em Nova York ou Miami, talvez”.

“Mas 25, 23, 22 corridas não são a realidade no momento e não são assunto de discussão”, explicou Carey.

“No momento, nossa atenção é fazer das 21 corridas realmente grandes eventos, fazer mais do que temos e colocar os fãs no centro”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.