F1 – Carey: Mudanças de 2019 não resolvem os problemas de ultrapassagem

quarta-feira, 6 de junho de 2018 às 12:42

GP de Mônaco

Os ajustes aerodinâmicos nos regulamentos técnicos da Fórmula 1 para a temporada de 2019 não devem ser vistos como uma “cura” para as atuais dificuldades de ultrapassagem na pista, de acordo com o CEO e presidente do conselho Chase Carey.

Após reclamações dos pilotos de que era difícil seguir os carros na frente, devido ao ar sujo que estava sendo produzido, a FIA aprovou ajustes na regulamentação técnica de 2019 em uma tentativa de facilitar acompanhar e aumentar as oportunidades de ultrapassagem.

O problema foi mais evidente na Austrália e em Mônaco até agora nesta temporada, com a falta de ultrapassagens no último, resultando em fortes críticas de pilotos, incluindo os campeões mundiais Lewis Hamilton e Fernando Alonso.

Falando na Conferência Esportiva da FIA em Manila no início desta semana, Carey explicou como as mudanças de 2019 não devem ser consideradas como a cura para a dor de cabeça em curso da Fórmula 1, mas como um passo na direção certa antes de uma maior revisão chegar em 2021.

“Certamente a ultrapassagem é claramente um problema”, disse Carey. “Acho que sabemos que os passos que estamos dando em 2019 com a FIA não são uma cura. Eles são um passo. As mudanças em 2021 serão mais significativas, por isso estamos abordando mais amplamente a aerodinâmica”.

“Não queremos perder os aspectos aerodinâmicos que tornam as corridas de Fórmula 1 tão espetaculares, mas achamos que precisamos fazer coisas que permitam que as ultrapassagens sejam uma parte muito mais significativa da categoria”.

“Não é o único problema. Eu acho que há muitas coisas que temos em andamento que trarão um equilíbrio mais competitivo, mais ação na pista e, de muitas maneiras, mais imprevisibilidade”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.