F1 – Carey defende adiamento das regras de 2021 para outubro

terça-feira, 18 de junho de 2019 às 9:22

Chase Carey

Chase Carey defendeu a decisão de adiar o anúncio das regras de 2021 para outubro.

Alguns veem o atraso como um sinal de que a Fórmula 1 está paralisada pela falta de consenso a respeito da direção que a categoria deveria seguir.

Mas Carey, chefe executivo da F1 trabalhando pela Liberty Media, diz que o atraso tem relação com a complexidade do regulamento de 2021.

“Nós somos um esporte global, portanto há muito a considerar”, declarou ele à emissora austríaca Servus TV.

Referindo-se à recente reunião que teve a presença de todas as partes interessadas da categoria, incluindo o campeão mundial Lewis Hamilton, Carey acrescentou: “Paris foi sobre como a F1 deveria ser e como ela pode ser melhorada para os fãs”.

“Após discussões com as equipes e nossa parceira FIA, nós chegamos à conclusão de que fazia sentido dar mais tempo para o regulamento de 2021 e além. Então, nós teremos calma até outubro. É melhor agir corretamente do que se apressar”.

Helmut Marko, da Red Bull, propôs que os rádios dos carros sejam completamente banidos.

“Nós temos uma lista inteira de recomendações, de A a Z”, confirmou Carey. “Apreciamos sugestões, sejam das equipes ou dos fãs. Ainda não está claro quais decisões serão implementadas. Há uma lista de coisas com várias páginas que agora precisamos analisar ponto por ponto”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.